[Mundo Sobrenatural] O Mistério da Mansão Winchester: Lenda ou realidade?

Mundo Sobrenatural
domingo, 10 maio 2015 5708 Views 6 Comments
[Mundo Sobrenatural] O Mistério da Mansão Winchester: Lenda ou realidade?

Kripke o  criador  de  nossa  amada  série Supernatural,  desde a sua infância  nutre um fascínio por lendas
urbanas, fato que  contribuiu e  muito para  a  criação de Supernatural. Do seu interesse na Winchester Mystery House combinado com seu desejo de dar um aspeto de “Western moderno” à série, surgiu a idéia do sobrenome dos irmãos Sam e Dean, “Winchester”. O  assunto  da  coluna  de  hoje é  sobre a  Winchester Mystery House (Valeu pela sugestão Carla), a mansão  localiza-se em San Jose, Califórnia. Se jogar  no Google “os  lugares mais mal assombrados” a  mansão estará  sempre na  lista. Mas  qual  será  o  motivo?

Tudo  começou quando Sarah Lockwood Pardee  casou-se  com William Winchester, filho único de Oliver Winchester, fundador da companhia que fabricava os rifles de repetição Winchester (popularmente chamado de “a arma que conquistou o Oeste), famoso para sua forma austera  e o mecanismo de acionamento por alavanca que permitia um certo número de tiros antes de recarregar: daí o termo, “rifle de repetição”.
O  casal  teve  uma  filha que morreu cerca  de um mês  após  o nascimento, vítima de  marasmo, uma  forma  crônica  de desnutrição, Sarah  então entrou em depressão profunda, e  não conseguiu mais engravidar, anos depois Willian morreu  vítima  de  tuberculose, um ano após  seu pai Oliver Winchester. Com tantas mortes assolando sua  família, Sarah cogitou estarem  sendo  vítima  de  alguma maldição, até que um dia um médium, confirmou suas suspeitas, a família era  amaldiçoada pelos espíritos de todos aqueles que foram mortos por rifles Winchester, e que ela deveria se mudar para o oeste e construir uma casa para ela e os espíritos, e não  poderia  interromper a construção , caso contrário, morreria.
Ela então investiu imediatamente sua herança  na reforma e ampliação da casa, que adquiriu do  doutor Robert Caldwell, as obras então seguiram ininterruptamente durante 38 anos. Sarah mostrou  todo  seu  fascínio pelo número 13, o projetando em diversos locais da mansão,  treze banheiros, treze candelabros,  janelas com treze seções de vidros, entre outros.
Sarah  encontrava-se todas as manhãs com o chefe de obras e lhe passava as instruções ,do que tinha que ser feito no dia, com ordem segundo ela, dos espíritos, e  quando não  davam  certo, ela  sempre  tinha uma  solução rápida, por  mais  caótica  que fosse, era feito.
Dentro da casa, três elevadores foram instalados e haviam 47 lareiras. Haviam inúmeras escadas que levavam a lugar nenhum, uma chaminé sem
função, armários que se abrem para paredes em branco, alçapões, corredores de dois caminhos, claraboias que foram postas uma em cima da outra, portas que se abriam a quedas íngremes para o andar de baixo,  e inúmeras  outras bizarrices.
Para Sarah tudo  fazia  sentido ,era  tudo  em prol dos espíritos de luz, eles  a  guiavam, e  os maus espíritos diante do  labirinto que a  casa  tinha  se  transformado  acabavam confundidos e desencorajados.
Sarah vivia em uma solidão melancólica com ninguém além de seus servos,  operários e, claro, os espíritos. Dizia-se que nas noites sem dormir, quando ela não estava em comunhão com o mundo espiritual sobre os projetos para a casa, Sarah ia tocar piano até as primeiras horas da manhã. Após um terremoto a  mansão  quase ficou  em  ruínas , a  lareira  do  quarto  onde Sarah  dormia desmoronou, mudou  o  quarto  e  Sarah  acabou  ficando  presa, ela  atribuiu isso  ao  fato de  quase  ter  terminado  a  casa, o que  deixou  os  espíritos  furiosos, então  ela deu  quantidade a  construção. Chaminés foram  então  construídas por tudo que  é  canto, pois  os  espíritos gostam  de  entrar e  sair delas, e  espelhos  tinha apenas dois, pois segundo  Sarah  eles  tinham medo  do seu  reflexo.
Em 4 de Setembro de 1922, após uma sessão de conferência com os espíritos na sala de sessões, Sarah foi ao seu quarto durante a noite. Em algum momento nas primeiras horas da manhã, ela morreu durante o sono com a idade de 83 anos.
Ela deixou todas as suas posses para a sobrinha, Frances Marriot, que tinha lidado com a maioria dos assuntos de Sarah referentes a negócios por algum tempo. Dizia-se que em algum lugar da casa estava escondido um cofre contendo uma fortuna em jóias e um serviço de jantar de ouro maciço com que Sarah tinha entretido seus convidados fantasmagóricos. Seus parentes, forçados a abrir uma série de cofres, encontraram apenas ,meias, recortes de jornais sobre sua filha e seu marido, uma madeixa de cabelo do bebê. Se havia  serviço de jantar de ouro maciço,  nunca foi descoberto. Os móveis, pertences pessoais e de construção excedentes e materiais decorativos foram retirados da casa e a própria estrutura foi vendida para um grupo de investidores que pretendiam usá-lo como uma atração turística. A casa foi inicialmente anunciada como tendo 148 quartos, mas tão confusa foi a planta que toda vez que uma contagem de sala era feita, um total diferente surgia.
O lugar era tão intrigante que foi dito que os trabalhadores levaram mais de seis semanas apenas para tirar os móveis dela . Os homens que lá andavam, descreviam a casa como “labirinto”. Era uma casa, onde as escadas não levavam ninguém para o porão, nem para o telhado. Os quartos da casa foram contados repetidamente, e cinco anos depois, foi estimado que 160 quartos existiam, embora ninguém estivesse realmente certo se tal afirmação era correta.
Hoje, a casa foi declarada um marco histórico na Califórnia e está registada com o Serviço Nacional de Parques como “uma casa grande, ímpar com um número desconhecido de quartos. “A maioria diria que um lugar ainda deve abrigar pelo menos alguns dos fantasmas que vieram a residir lá, a convite de Sarah Winchester.
A questão é, porém, se eles realmente assombra o lugar. Alguns diriam que talvez não fossem fantasmas, que a mansão Winchester nada mais era do que o produto da mente de uma mulher excêntrica e muita riqueza a ser concebido em mãos erradas. Mas  para outros  não há dúvida de que o local  pode  ser considerado como uma das maiores casas assombradas do mundo.
Houve uma série de acontecimentos estranhos relatados na mansão por muitos anos, e eles continuam a ser notificados até hoje. Dezenas de médiuns já visitaram a casa ao longo dos anos e a maioria tem saído convencido, ou afirmam estar convencidos, que os espíritos ainda vagam pelo local. Além do fantasma de Sarah Winchester, também houve muitos outros  ao longo dos anos.Nos anos que a casa foi aberta ao público, funcionários e visitantes tiveram encontros incomuns.
Houve sons de  passos, portas batendo, vozes misteriosas, janelas que batiam com tanta força que partiam, pontos frios, estranhas luzes em movimento, maçanetas girando por  si só ,enfim  todos os relatos comuns de uma casa mal-assombrada. O aposento mais misterioso da casa é o quarto azul, que é onde Sarah conduzia as suas sessões espíritas particulares. Ninguém pôs os pés neste quarto enquanto ela era viva. Alguns crêem que o quarto é uma passagem para os visitantes de outra dimensão.
Hoje, ninguém mora na casa, mas ela esta aberta aos turistas que quiserem visitá-la. Ainda hoje, dizem ser comum ver aparições de mortos. Algumas pessoas dizem que Sarah Winchester ainda caminha pelos corredores. Shara Smith trabalha na casa, e a primeira vez que ficou sozinha entrou em um dos quartos fechados. “A porta se fechou atrás de mim e deu para sentir uma enorme pressão lá dentro, parecia que as paredes se aproximavam. Eu quis sair de lá o mais depressa possível.” Diz Shara.Dois funcionários que trabalham hoje na casa, Jonh e Jack Sttubert, concordam que o quarto é uma passagem para o outro mundo. “Eu me virei, olhei para o corredor e vi um homem parado lá. Então ele desapareceu e eu desci para ver se havia alguém na casa, mas não havia ninguém lá. Nunca acreditei em espíritos, fantasmas ou qualquer coisa assim, mas agora eu acredito que haja uma coisa nesta casa.” Conta Jack.

Então hunters? Bora conhecer a Winchester Mystery House?
Um pouco mais sobre a mansão :
         FONTE
Comentarios do Facebook

admin

admin

Prazer, somos Hunters! Estamos desde 2008 atualizando este site com o intuito de criar um acervo virtual da série Supernatural, com compartilhamento de arquivos de forma simples, grátis e original ao alcance de todos . Sejam bem-vindos!

1926 posts | 355 comments http://www.sobrenaturalbrazil.com.br

6 Comemtários

  1. GEYZA says:

    EU ACREDITO,SIM

  2. Hellen says:

    Também acho que deve existir assombrações nessa casa,mas só indo lá mesmo pra saber,sempre quis ir em lugares sobrenaturais.

  3. Luiz says:

    Também acho que seja verdade, já vi coisas estranhas e sou bem convencido de que espíritos existem e podem mexer com a gente

  4. Eu acredito,pois já tive muitas experiências com o sobrenatural,e podem acreditar,não é nada legal.

  5. Anônimo says:

    eu acho sim que é mal assombrada. Uma coisa dessa não tem como ser normal

  6. Anônimo says:

    já vi muita coisa sobre este lugar, mas apesar da loucura da dona, não consigo me convencer de que existe assombração aí. Falam que vários mediuns vão aí, mas cadê que nunca filmaram nada? acho enrolação..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.