[REVIEW] Comentando o Episódio 10.03 – “Soul Survivor” de Supernatural

Notícias
segunda-feira, 27 outubro 2014 1043 Views 7 Comments
[REVIEW] Comentando o Episódio 10.03 – “Soul Survivor” de Supernatural

Sua opinião é importante. Deixem seus comentários no final da página.

A décima temporada começou em um ritmo bastante diferente do
que os fãs estão acostumados. Mais introspectivo, sombrio e
misterioso chegando ao ponto de causar certo estranhamento e até desanimo por
parte de alguns em virtude desta forma de iniciar a temporada e
sermos surpreendidos com a forma como os acontecimentos ocorriam. De inicio, uma sensação de desapontamento permeou a mente. Mas ao
analisar com mais calma os fatos foi possível digerir e compreender melhor a
proposta da série nesse tríplice plot Deanmon até aqui.

“Soul Survivor” (alma sobrevivente) é o décimo terceiro episódio escrito por Eugenie Ross-Leming(foto), esposa de Robert “Bob” Singer -Diretor e produtor executivo da série, em parceria com Brad Buckner. 1.13-“Route 666” foi oprimeiro episódio da série dirigido pela dupla que integraram a equipe de roteiristas a partir da sétima temporada até o atual momento.
A direção do episódio ficou a cargo de ninguém menos que Jensen Ackles(foto), sendo este seu quarto episódio como diretor. Anteriormente dirigiu os episódios 8.03-“Heartache”, escrito por Andrew Dabb e Daniel Loflin que foi o primeiro episódio da temporada filmado, mas o terceiro a ir ao ar; 7,03-“The Girl Next Door” e seu episódio de estréia na direção foi 6.04-“Weekend at Bobby“.

 

                    Jensen Ackles (Diretor)              Eugenie Ross-Leming (Escritora)
                                                                          e o marido Robert Singer


De imediato, somos levado direto à masmorra do Bunker onde
Dean está prestes a passar pelo processo de exorcismo que deixou Crowley “meio
humano” e logo de cara já somos apresentados a toda a ferocidade
relutante de Dean ao ser picado pela agulha das injeções, através de seus urros monstruosos como “efeito reação alérgica” ao sangue consagrado injetado em suas veias. É chover no molhado falar da atuação de Jensen Ackles que literalmente rouba a cena para si em cada segundo usufruído para dar vida a Deanmon que desperta medo diante da imprevisibilidade de seus atos, sempre decorados com seu sorriso irônico e psicótico.

  

Enquanto isso, Crowley não consegue impedir que o tédio o corroa após o constante período de diversão ao lado de Dean. Partindo para os ossos burocráticos do ofício, inicia uma varredura condenando todos os demônios que o traíram ao se aliarem a Abaddon. Na tentativa de conter seu desânimo, o rei do Inferno acaba exterminando os próprios demônios servos ao bel prazer do estalo de seus dedos, num surto de intolerância pela ousadia dos infelizes incautos que o perturbam com propostas pretenciosamente inconvenientes. Essa indiferença causa revolta em um destes demonios que prefere suicidar-se do que continuar presenciando tamanho descaso por ele. Seria este ato um indício de uma rebelião infernal?

No ápice de sua exaustão e no limite da graça que lhe resta, Castiel continua refém da inconveniência de Hannah que insiste em “ajudá-lo” ao mesmo tempo que procura convencê-lo a liderar seus irmãos no céu e se tornar a “nova Naomi” enquanto ele próprio apenas tenta sobreviver o suficiente para ajudar Sam a curar Dean. Não bastasse ter de lidar com a dependência das quatro rodas do seu possante improvisado no lugar de suas asas para locomover-se, Cass precisa enfrentar Adina, que surge para vingar a morte de Daniel (“Obrigado Hannah”-parte 2) e dá uma surra no pobre Anjo que, Castiélico por si só, oferece os resquícios de vida que tem para que Hannah seja poupada. O ódio de Adina evidencia o quanto Daniel era o alicerce de seu equilíbrio. #VoltaDaniel. Graças a Crowley eles sobrevivem e Castiel, presenteado com a graça de Adina, roubada pelo Rei do Inferno, consegue recuperar a plenitude de poder. Mas a que preço?

 
 
 

O momento onde Sam comtempla as fotos da familia que Dean mantem guardadas, resgatou a nostalgia que a intensidade da trama acaba ofuscando e a emoção ao ver John e Mary juntos e sorridentes nas fotos mesmo através do silêncio, relembra como tudo costumava ser -ambos relembrando seus vínculos através do tempo que derpertavam emoções a parte que ressaltam o valor de um ao outro como membros remanescentes deste legado. Para o desespero de nossas unhas, Dean escapa das algemas e desaparece no Bunker. A certeza de que Sam não será páreo para o irmão possesso pelo lado negro e a sede se sangue, ainda que já parcialmente humanizado, contribui para a direção e o roteiro relevar que Sam precisa usar sua melhor arma disponivel: O Cérebro.

  

Inspirado em clássicos do terror e suspense, a perseguição de Dean à Sam foi o momento mais tenso do plot. Através dele, Jensen atribui a sua direção e interpretação, mais peso para demonstrar uma assustadora serenidade aliada ao tom irônico de sua voz, complementada com seus sorrisos maquiavélicos enquanto declara a vontade de acabar com o irmão. Sam pode apenas se esconder e tentar se defender, mas sequer portas trancadas o impedem. Graças a Deus, digo, Graças a Crowley, Castiel surge na hora certa de impedir que um dos irmãos acabasse morto pelo outro. Após esse tribulado impasse e já imobilizado na masmorra do Bunker, a ultima injeção em Dean o livra de seus olhos pretos e o traz a tona sua alma sobrevivente.
 

  
   
  

A atuação de Jensen permanece em destaque ao conseguir de forma tão verossímil contrastar a diferença entre Deanmon e Dean, fazendo com que ambos de fato não aparentem ser a mesma pessoa. O momento de reencontro entre Dean e Cass obteve um tom mais amistoso e um tanto contido demais para quem esteve prestes a morrer (ambos). Mas assim como Sam, estes momentos devem obter mais enfase e melhor desenvolvimento nos episódios a seguir.A dúvida que não quer
calar fica por conta da misteriosa “dama de (cabelo) vermelho” que
aparece repentinamente nos últimos segundos do episódio que se encerra com dois corpos sem vida sobre
si.

  

O suspense que atiça a curiosidade do telespectador que talvez tenha que esperar alguns episódios para ter mais pistas sobre ela. Contando que a revelação sobre sua identidade e seus objetivos dentro da trama sejam consistentes e traga mais reviravoltas a trama, ficaremos satisfeitos. Seria interessante se ela estivesse lendo um dos livros de Chuck já que de alguma forma ela pode estar ligada ao legado Winchester e parece divertir-se através de seu sorriso.. Quem é ela, afinal? Deanmon voltará? O que vocês acham, Hunters?

…Continua nos próximos episódios!

 

Se você ainda não viu o Episódio 
 http://www.sobrenaturalbrazil.com.br/2014/10/legendado-download-do-episodio-1003.html
 
Comentarios do Facebook

admin

admin

Prazer, somos Hunters! Estamos desde 2008 atualizando este site com o intuito de criar um acervo virtual da série Supernatural, com compartilhamento de arquivos de forma simples, grátis e original ao alcance de todos . Sejam bem-vindos!

1926 posts | 355 comments http://www.sobrenaturalbrazil.com.br

7 Comemtários

  1. Não podemos esquecer que Dean ainda possui a marca de Cain, então ele ainda pode causar problemas no decorrer da temporada.

  2. Anônimo says:

    Agoniado pra ver o desenrolar da trama. Muito bom seu texto. Parabéns.

  3. Anônimo says:

    não sei o que esperar dessa bruxa ruiva e Deanmon com certeza voltará, sua cura foi muito rápida e além do mais Ele ainda possui a Marca de Caim, sua sede por sangue voltará, como já foi possível perceber no 10.04 onde Dean fica louco por uma caçada e por sua vontade de matar a Lobisomem Kate sem hesitar

  4. Melhor série do mundo, eu imploro à o escritor à o San e o Dean não acabem com sobrenatural.. Por favor, deixe mas temporadas, vai duer demais se acabar essa temporada. Por favor gente. ;(

  5. Melhor série do mundo, eu imploro à o escritor à o San e o Dean não acabem com sobrenatural.. Por favor, deixe mas temporadas, vai duer demais se acabar essa temporada. Por favor gente. ;(

  6. Anônimo says:

    É engraçado que essa cena final, é muito semelhante às mortes que o demônio do olho amarelo costumava encenar. .a primeira coisa que veio a mente quando vi a gota de sangue cair, foi "vem fogo agora". Mas pra minha surpresa. . Deixou um belo ponto de interrogação no final xD

  7. Sucesso Supernatural a melhor série do mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.