[Artigo] Visão Sobrenatural

Artigo sobre a série
quinta-feira, 27 maio 2010 224 Views 3 Comments
[Artigo] Visão Sobrenatural
Para aqueles que assistem a serie, ou mesmo somente se interessam por aquilo que está entre o Céu, a Terra e o Inferno, sabem que muitas questões que relacionam esses temas são metáforas. Eric Kripk, o criador da serie, utilizou-se muito bem desse artifício, em um ambiente onde tudo parece não existir realmente, ou estar lá fora na noite escura

Avaliando-se o contexto em que se passa a narrativa, nota-se claramente a busca pelo extermínio de um demônio, no entanto este nada mais é do que os demônios que estão em nossas vidas (no caso, na de John, o pai). Pois este intrigante personagem passa cerca de 20 anos em busca de um demonio que desestruturou sua vida e familia.
Da-se ênfase as atitudes do ser humano, onde o ódio e a vinganca por vezes predominam, cegando-os, como acontece na serie. Diversas questões estão postas para serem discutidas, a primeira é o próprio demonio da serie, em que seu verdadeiro sentido pode ser anexado com a frase de Sartre “o inferno são os outros”, isso porque o demonio ao qual John (interpretado por Jeffrey Dean Morgan) persegue, é simplesmente os demonios dos outros que estão a perseguir a vida dos homens.
Sendo também parte de seu próprio ser com desejo de aniquilação perante ao mal fétido em que vive a humanidade. Pois o mesmo demonio a ser caçado, é aquele que todos possuimos dentro de nossas mentes e caçamos para destrui-lo antes que ele faça isso conosco.
 
A segunda questão gira em torno do irmao mais velho, Dean (interpretado por Jensen Ackles), esse adquire o gosto por matar, mas não é exatamente isso, o que se passa no interior deste; Aliás pode-se dizer um dos personagens mais completos, complexos e simples criados até então, é o contronto de sentimentos, a mágoa que se concentrou em forma de raiva, tendo como resultado dezenas de outros sentimentos dubios e complexos, a serem resolvidos pelo personagem no decorrer das temporadas.

Enquanto o pivô de todo o conflito, Sam (interpretado por Jared Padalecki), representa a dificuldade em que o ser humano tem em lidar com a perda. Orfão de mãe, com a namorada morta, tem que lidar a todo instante com lembranças, assim como quando perde-se algo que não so fazia parte de nossas vidas, mas estava tão penetrado dentro de nós, que já eram nossas vidas.

Sobrenatural ou Supernatural, é aparentemente uma serie em que dois irmãos “caçam coisas”, além de uma busca incessante por um demonio que destruiu sua familia, mas que por trás de episódios que muitos consideram infantis e superficiais, esconde-se a mais perfeita complexidade existencialista, composta no ser humano. Especialmente no personagem Dean.

Artigo retirado do site: Shvoong
Comentarios do Facebook

admin

admin

Prazer, somos Hunters! Estamos desde 2008 atualizando este site com o intuito de criar um acervo virtual da série Supernatural, com compartilhamento de arquivos de forma simples, grátis e original ao alcance de todos . Sejam bem-vindos!

1926 posts | 355 comments http://www.sobrenaturalbrazil.com.br

3 Comemtários

  1. Anônimo says:

    caramba!!!você realmente escreve muito bem!!!!!!
    parabéns!!!!

  2. finalmente um artigo que não trada apenas das qualidades fisicas dos atores! eu esperei por algo desse tipo. um ótimo artigo diga-se de passagem. e com certeza o personagem Dean faz refletir em cada pessoa que assiste com um certo olhar critico essa série, ele é um conflito de emoções, protegendo o irmão, querendo por perto e ao mesmo tempo irritando-se com ele quando o mesmo quer viver por conta própria. além de seus próprios medos, medo de amar, medo de enfrentar a vida comum que não seja apenas lidar com os seres do mal que caça, pois assim ele fica "protegido" contra outras emõções como ter uma namorada, cortar a grama, fazer amigos. no fundo somos todos um pouco Dean, um pouco Sam, um pouco John. brigamos diariamente com nossas emoções, com o bem e mal que existem dentro de nós, procurando sempre exorcizar nossos demônios interiores e nos protegermos dos demônios exteriores (a vida, a familia, violencia, trabalho). enfim, dá uma ótima discução esse assunto, afinal anjos e demônios são coisas que não vemos, mas sabemos que de alguma forma eles afetam as nossas vidas.

    parabéns pelo blog de novo!

  3. Richardson says:

    Parabéns, você escreve muito bem!
    Gostei muito do seu ponto de vista sobre a série, estou terminando a segunda temporada e estou gostando muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.