Trilha de SUPERNATURAL é uma das melhores da TV

Artigo sobre a série
domingo, 16 agosto 2009 475 Views 3 Comments
Trilha de SUPERNATURAL é uma das melhores da TV
Quem acompanha o Fora de Série sabe que o novo vício lá em casa é SUPERNATURAL. Debulhamos as quatro temporadas em tempo recorde. A mistura de demônios, lendas urbanas e fantasmas prende como poucas, além da história central da família Winchester. SPN tem vários motivos para figurar entre as preferidas dos seriadomaníacos. As meninas suspiram pelo sex appeal dos irmãos Sam e Dean Winchester (as mais velhas ainda incluem Jeffrey Dean Morgan no bolo), enquanto os caras curtem as piadas e as cenas de ação. Porém, um aspecto pouco falado da série é o meu preferido: a trilha sonora e as referências musicais.

A trilha da série é, basicamente, tudo que de melhor houve em termos de hard rock dos anos 70 e 80. Rolam AC/DC, Bachman-Turner Overdrive, Kansas, Bad Company, Blue Öyster Cult, Journey, Foreigner, entre outras pérolas. A escolha dessas bandas é coerente com todo o clima do show.

A história da série começa em 1983, ano da morte de Mary Winchester e estopim para o início da caçada de John Winchester. Nessa época o hard rock estava no auge. Papai Winchester, nos seus 30 e poucos anos, leva de arrasto seus filhos no seu Chevy Impala 1967, cruzando os EUA de cabo a rabo à procura do demônio que matou sua esposa. Nessa vida na estrada, a trilha sonora, sem sombra de dúvida, era o bom e velho rock’n’roll, ainda imbatível como o melhor estilo de música para se escutar enquanto se está dirigindo. O contato com outros personagens da estrada, o clima caipira do interior norte-americano e a herança musical do pai forjaram o gosto musical do jovem Dean que, como bom macho de respeito, nunca renegou suas preferências por conta de qualquer modismo (é como eu sempre digo: no dia que a Polka virar modinha, toda e qualquer garota vai ser a fã #1 do estilo, enquanto os caras vão continuar escutando o que sempre escutaram…).

A atuação de Jensen Ackles dá credibilidade à essa teoria, com seu jeitão canastrão e cara de pau. É dele a responsabilidade de avalisar a peculiar trilha sonora. Desde o piloto ele já deixa bem claro que é ele quem controla o som do carro. Mesmo depois de voltar do inferno, Dean é intolerante com as novas tendências musicais, conforme vimos no 1° episódio da 4° temporada, Lazarus Rising, quando ele arranca o iPod que Sam tinha instalado no Impala. Além disso, Ackles (que também é guitarrista) não tem vergonha nenhuma de cantar ao dirigir, proporcionando momentos engraçadíssimos, tais como suas interpretações de “Can’t Fight This Feeling”, do REO Speedwagon, e de “Wanted Dead Or Alive”, do Bon Jovi. Porém, nenhuma tão hilária quanto sua dublagem da clássica “Eye Of The Tiger”, do Survivor,

Outra coisa bacana de Supernatural são as inúmeras referências ao rock. Desde o nome de alguns episódios (“Heaven And Hell”, disco do Black Sabbath, “No Rest For The Wicked”, disco de Ozzy Osbourne, “In My Time Of Dying”, “When The Levee Breaks”, “Houses Of The Holy”, “What Is And What Should Never Be”, músicas e disco do Led Zeppelin) até os nomes que os irmãos Winchester escolhem para se apresentar às pessoas: Mr. Angus e Mr. Young (guitarrista do AC/DC, Angus Young), Mr. Geddy e Mr. Lee (baixista e vocalista do Rush, Geddy Lee), Mr. Tyler e Mr. Perry (os toxic twins do Aerosmith, Steven Tyler e Joe Perry), Padre Simmons e Padre Frehley (integrantes do Kiss, Gene Simmons e Ace Frehley). Ficar ligado nessas referências é uma das maiores diversões dos fãs de SPN.

Curiosidade final: quem acompanha a série já notou que em todos os season finale, o “Then” é embalado pela mesma música, “Carry On Wayward Son”, do Kansas (a música preferida da Camila). Prestando atenção na letra se entende a escolha dessa trilha sonora. O refrão é um pequeno resumo da jornada dos irmãos Winchester e da ascendência do pai-herói John sobre os filhos, além de trazer um certo clima otimista de que, no final, tudo vai dar certo:

Carry on my wayward son
There’ll be peace when you are done
Lay your weary head to rest
Don’t you cry no more
Continue meu filho desobediente
Haverá paz quando você estiver terminado
Coloque sua cabeça cansada para descansar
Não chore mais…

Fonte: http://www.clicrbs.com.br
Comentarios do Facebook

admin

admin

Prazer, somos Hunters! Estamos desde 2008 atualizando este site com o intuito de criar um acervo virtual da série Supernatural, com compartilhamento de arquivos de forma simples, grátis e original ao alcance de todos . Sejam bem-vindos!

1926 posts | 355 comments http://www.sobrenaturalbrazil.com.br

3 Comemtários

  1. Anônimo says:

    SIMPLESMENTE
    "BOM E VELHO ROCK´N ROLL"

  2. Anônimo says:

    shaushaush Muito bom esse vídeoo, eu ri muito…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.